Chorar é coisa de gente fraca? Pesquisas indicam que é o i

FAMÍLIA & CRIANÇAS

Chorar é coisa de gente fraca? Pesquisas indicam que é o inverso!

Date October 18, 2017 14:38

As emoções sempre geram algum tipo de reação, não apenas na pessoa que sente, mas quem está ao redor. Em nossa sociedade, algumas emoções são muito bem-vindas. Já outras, causam distanciamento.

Aastock / Shutterstock.com

As emoções de felicidade, alegria, surpresa, animação e outras relacionadas às coisas boas são sempre muito bem aceitas pela nossa sociedade. Já outras, relacionadas às coisas ruins, como tristeza, medo, ansiedade, depressão, angústia, entre outras, são menosprezadas, negadas e muitas vezes até banalizadas pelas pessoas.

Recomendado para você:  A razão pela qual estas garotas usaram o mesmo vestido na noite de formatura delas te fará chorar!

Este tipo de hábito gera crenças que podem ser prejudiciais para todos nós, porque acabamos negando as emoções consideradas ruins e com isso, gerando problemas psicológicos e emocionais muito maiores.

Não é á toa o aumento tão considerável de consumo de medicamentos antidepressivos e ansiolíticos. As pessoas foram habituadas a não aceitar nem observar o que a tristeza e sentimentos ansiosos e depressivos podem estar querendo ensinar.

Com isso, crescemos ouvindo que não devemos chorar, que chorar é coisa de gente fraca, que não devemos expressar nossos sentimentos e temos que estar sempre sorrindo.

Fzkes / Shutterstock.com

Estudos da Universidade de Standord indicam que quanto mais reprimimos nossas emoções, mais estressados ficamos e nossa pressão arterial aumenta, ou seja, a aparente tranquilidade que nos esforçamos para demonstrar pode ser pior para nosso emocional.

Chorar é reconfortante e deixa a mente mais leve com pensamentos mais claros. Isso é o que 70% das pessoas entrevistadas no estudo. Quando a pessoa chora, as emoções tendem a diminuir a tensão e a pessoa consegue avaliar a situação a partir de outros aspectos, com mais tranquilidade para tomar as decisões.

Outro estudo realizado na Florida definiu que o choro é terapêutico, principalmente quando aproxima as pessoas e estimula os vínculos.

Veja também: Anitta faz seu pai chorar, mas o motivo é lindo!