Leite de coco caseiro pode favorecer a imunidade e ainda aju

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

Leite de coco caseiro pode favorecer a imunidade e ainda ajuda a emagrecer

Date 19 de outubro de 2017

Existe fruta mais tropical do que o coco? O coqueiro é originário da Ásia, mas chegou ao Brasil muito cedo, por volta de 1553. Se o coco é bom, imagina o seu leite?

Além de ser uma ótima opção para quem é intolerante à lactose ou não gosta do leite de vaca, ele também é nutritivo e considerado medicinal. Isso porque ele é rico em gordura, mas aquela considerada saudável.

Recomendado para você: Receita caseira para fazer um hidratante de pele potente. Só precisa de coco, aveia e leite!

O leite de coco é responsável por melhorar o colesterol, aumentando o sistema imunológico contra vírus e bactérias.

Além disso, uma boa dose de leite de coco oferece vitamina C, cálcio, magnésio, fósforo, zinco, proteína, potássio, ferro e ácido láurico.

Além de melhorar a imunidade, o leite de coco pode ser um aliado para quem quer perder peso. Pesquisas indicam que pessoas que consomem gorduras saudáveis comem menos. A gordura do coco, quando consumida com uma dieta equilibrada, pode contribuir com a redução de peso, porque estimula a absorção de gordura em energia sem ficar armazenada no corpo.

Para aproveitar todos os benefícios, o ideal é preparar o leite de coco em casa.

Veja como preparar o leite de coco natural:

Separe 1 medida de polpa de coco picado para 4 medidas de água quente. Bata por cinco minutos e depois coe em uma peneira fininha ou em um pano limpo. Este leite pode ficar em geladeira de 3 a 5 dias. Para deixar mais consistente ou mais ralo, basta aumentar ou diminuir a quantidade de água. O que sobrar da polpa ainda pode ser aproveitado em tortas, pães e bolos.

Veja também: Este ingrediente é a chave para o segredo japonês que deixaria sua pele tão suave como a de um bebê


O propósito deste artigo é meramente informativo. Não há intenção de oferecer recomendações médicas. Fabiosa não é responsável por possíveis consequências de qualquer tratamento, procedimento, exercício, alteração alimentar, ação ou uso de medicamentos resultantes da leitura e das instruções contidas neste post. Antes de começar qualquer tratamento, consulte um médico. As informações acima não substituem um diagnóstico a ser realizado por uma equipe de profissionais preparados.