Sinais da Síndrome de Asperger em adultos

FAMÍLIA & CRIANÇAS

Sinais da Síndrome de Asperger em adultos

Date 26 de setembro de 2017

A Síndrome de Asperger faz parte de um agrupamento médico chamado de TEA (Transtorno do Espectro do Autismo), considerado um tipo mais leve do Autismo, porque não existe uma alteração no funcionamento intelectual (pelo contrário), que é uma das características do autismo clássico.

Ainda é um assunto em constante estudo, mas estima-se que as origens podem ser hereditárias ou alguma disfunção cerebral. O diagnóstico geralmente acontece ainda na infância, entre três e quatro anos de idade.

Dejan Dundjerski/ Shutterstock.com

O diagnóstico precoce é uma das maiores buscas de toda a classe de profissionais de saúde. Mesmo assim, muitos casos ainda são diagnosticados na vida adulta. Isso porque os sintomas podem variar muito de uma pessoa para outra, assim como a intensidade e a gravidade.

gettyimages

Veja também: Ninguém acreditou que ele teria futuro… e o jovem com Síndrome de Asperger surpreendeu a todos com ideia inédita

Conheça alguns comportamentos comuns em adultos com Síndrome de Asperger:

  • Evitam olhar nos olhos.
  • São exageradamente concentrados nas suas atividades com tendência a prestar atenção nos detalhes.
  • Não demonstram emoções faciais.
  • Não demonstra muito afeto.
  • Parecem distantes e isolados.
  • Sentem-se confusos com regras sociais, ditados populares e outras expressões subjetivas.
  • Apresentam dificuldade em dar sequência em conversas longas.
  • Tem baixa autopercepção de suas reações e comportamentos.
  • Ficam muito presos a rotinas.
  • Tem comportamentos repetitivos e falta de coordenação motora.
  • Apresentam explosões de raiva.

A maior parte dos adultos com síndrome de Asperger possui consciência de que são diferentes

gettyimages

e quando chega o diagnóstico, muitos se sentem aliviados, pois ganham nome para suas diferenças e então fica mais fácil aprender a lidar e procurar tratamento, que é realizado por meio de treinamento de habilidades sociais e intervenções em grupo.

Recomendado para você: Para poder identificar a Síndrome de Asperger nas crianças, primeiro é necessário saber o que é…


O propósito deste artigo é meramente informativo. Não há intenção de oferecer recomendações médicas. Fabiosa não é responsável por possíveis consequências de qualquer tratamento, procedimento, exercício, alteração alimentar, ação ou uso de medicamentos resultantes da leitura e das instruções contidas neste post. Antes de começar qualquer tratamento, consulte um médico. As informações acima não substituem um diagnóstico a ser realizado por uma equipe de profissionais preparados.