Pesquisas recentes revelam que o uso de produtos para higien

NOTÍCIAS

Pesquisas recentes revelam que o uso de produtos para higiene íntima pode ter relação com aumento de infecções

Date 20 de abril de 2018

Poucas mulheres comentam, mas o odor vaginal é um aspecto que pode gerar muitas dúvidas e constrangimentos. A ideia de manter a região sempre limpa e livre de odores é algo natural. Para isso, muitas mulheres lançam mão de diferentes opções de sabonetes, lencinhos, sprays e outras novidades do mercado.

Happy Zoe / Shutterstock.com

Esse assunto geralmente é tema de muitas controvérsias, pois muitos médicos e estudiosos afirmam que esses produtos podem alterar o PH da região, que geralmente possui uma defesa natural e seu uso constante pode aumentar o risco de doenças, irritações e alergias.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Odor na região íntima pode indicar se está tudo bem ou se há algo errado!

Um novo estudo, realizado na Universidade de Guelph, Ontario, no Canadá levantou novamente essa polêmica, sugerindo que o uso de produtos para higiene íntima pode aumentar o risco de infecções.

Aksenova Natalya / Shutterstock.com

A pesquisa entrevistou 1435 mulheres canadenses sobre seus hábitos de higiene íntima, quais produtos elas utilizavam e quais os históricos frequentes de problemas de saúde.

Mais de 95% das mulheres pesquisadas usavam ao menos um produto na região e essas mulheres apresentavam três vezes mais sintomas de infecção vaginal.

As mulheres que participaram da pesquisa que relataram usar gel de limpeza demonstraram 20 vezes mais tendência a terem infecções bacterianas, enquanto as mulheres que usavam sabonetes íntimos apresentaram 3 vezes mais tendência a infecção bacteriana no trato urinário. Outras, que revelaram utilizar lenços umedecidos para a região íntima, ficaram 2 vezes mais propensas a ter infeções urinárias por fungos.

Os estudiosos identificaram que a maior parte das mulheres não possui o conhecimento sobre os riscos dos usos de determinados produtos com frequência.

Valentina Razumova / Shutterstock.com

A sociedade em geral costuma ver a região íntima da mulher como uma necessidade de limpeza e higienização constante, quando em alguns casos, o odor natural desta região pode representar um aspecto natural do próprio corpo para defesa contra doenças. Na dúvida, sempre peça orientação do seu médico de confiança.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Sete fatores que deixam as mulheres em risco de contrair infecções por fungos nas suas partes íntimas


Este material é destinado apenas a fins informativos. Alguns dos produtos e itens discutidos neste artigo podem causar reações alérgicas ou danos à saúde. Antes de fazer uso deles, consulte um especialista devidamente habilitado. Os editores não são responsáveis por quaisquer consequências que possam ser causadas pelo uso dos métodos, produtos ou itens descritos neste artigo.