Padre Fábio de Melo se escondia embaixo da cama por causa d

CELEBRIDADES

Padre Fábio de Melo se escondia embaixo da cama por causa da Síndrome do Pânico

Date April 2, 2018 19:55

Sempre irreverente e bem humorado, o Padre Fabio de vem surpreendendo sempre que aborda o assunto Síndrome do Pânico. É algo que aparentemente não combinam com a personalidade do eclesiástico e justamente por esse motivo que ele veio recentemente expor esse problema, procurando alertar a todos que é um problema que não tem cara, posição e não respeita nem os padres. Até debaixo de uma cama o religioso já se enfiou por conta do problema

Leda Nagle / Youtube

Em entrevista dada para a jornalista Leda Nagle num vídeo que foi publicado no final de março, dia 29, Fábio de Melo contou como lidou com as crises promovidas pela síndrome do pânico logo depois que sua irmão morreu tragicamente.

Por incrível que possa parecer, essa atitude de se esconder embaixo da cama não foi tomada pelo eclesiástico em sua infância ou adolescência; mas sim, algo recente, que aconteceu no último ano. Fábio deu detalhes à jornalista - a quem ele admitiu ter um carinho muito especial - sobre esse período difícil:

“Em setembro do ano retrasado, a minha irmã se matou, e foi um momento muito difícil para mim. Em julho do ano passado, em Fortaleza, em um evento muito grande da música católica, eu comecei a ter uns sintomas desagradáveis, aquilo foi evoluindo e aquilo desencadeou em uma síndrome do pânico. Há dois anos isso já tinha acontecido, mas dessa vez foi muito pior".

O padre contou que passou praticamente um mês inteiro dentro de casa, sem ir às ruas, com medo de tudo. Não era apenas medo de situações terríveis, era um temor incontrolável das pessoas também. Fábio precisou se medicar, principalmente na fase aguda, e esse acompanhamento por remédios controlados durou três meses.

Leda Nagle / Youtube

“Às vezes eu me escondia embaixo da cama. Eu tinha consciência daquilo, mas eu não era capaz de dizer a mim mesmo: 'Fábio, você tem 46 anos, não há razão para ter medo aqui'".

Contou ele à Leda e revelou que a situação fugia ao seu controle, mesmo ele sendo uma pessoa tão racional não conseguia lidar e resolver tal situação. "Eu custei a sair de casa para ir ao psiquiatra. Eu devo ter ficado uns 15 dias sem dormir".

Por fim, ele afirmou ter seguido todas as orientações médicas e que tudo vai bem atualmente. "Hoje eu me sinto bem graças a Deus”, finalizou.

Veja o vídeo da entrevista:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Xuxa brinca com vídeo de velório com forró compartilhado por Padre Fábio de Melo e diz que quer “Ilariê” no seu