Casais que pretendem ter filhos devem cuidar da dieta antes

FAMÍLIA & CRIANÇAS

Casais que pretendem ter filhos devem cuidar da dieta antes da concepção

Date April 20, 2018 16:54

Quase todo mundo sabe que as mulheres grávidas devem cuidar da alimentação durante a gestação, mas o que pouca gente tem conhecimento é que os hábitos alimentares antes da concepção também podem influenciar na saúde do bebê e isso incluí os futuros pais.

Blend Images / Shutterstock.com

Um conjunto de 3 artigos científicos publicadas pela revista “The Lancet” no início dessa semana apontam para que maus hábitos de vida e alimentares dos homens, e não só das mães, podem afetar a saúde do futuro bebê.

Segundo Judith Stephenson, professora de Saúde Sexual e Reprodutiva na University College London e uma das autoras da série de pesquisas, afirmou que a alimentação de ambos os pais nos anos anteriores à gestação pode impactar na saúde do feto trazendo risco de desenvolver alterações metabólicas, baixa imunidade e doenças cardiovasculares.

Evgeny Atamanenko / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Autismo: transtorno pode acontecer entre o segundo e o terceiro mês de gestação

"A saúde dos pais, incluindo peso, metabolismo e alimentação, pode influenciar o risco de futuras doenças crônicas nas crianças", disse ela.

De acordo com a coautora dos estudos, Mary Barker, da Universidade de Southampton, casais que planejam ter filhos deveriam receber ajuda do sistema de saúde público para melhorar sua saúde antes da concepção de um bebê.

George Rudy / Shutterstock.com

Ela defende, inclusive, que uma rede deveria ser criada para conscientizar futuros pais sobre como seus hábito alimentares podem influenciar sua vida adulta e a saúde de seus filhos ainda na adolescência.

"Melhorar a saúde da população, bem como aumentar a conscientização sobre a importância do período anterior à concepção, pode ajudar a melhorar a saúde das futuras gerações", concluiu ela.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 8 curiosidades que ninguém nunca te contou sobre a gravidez


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.