Mulheres que só descobriram autismo depois de adultas conta

CELEBRIDADES

Mulheres que só descobriram autismo depois de adultas contam suas histórias

Date 4 de abril de 2018

A medicina está constantemente estudando o autismo na sociedade, mas embora inúmeras pesquisas sejam realizadas, poucas respostas foram encontradas até hoje. Chamado de Transtorno do Espectro Autista ou somente Autismo, essa condição ainda pouco conhecida pode se dar durante o desenvolvimento do bebê, ou até após o nascimento.

O sujeito com Autismo tem dificuldade de se comunicar e apresenta comportamentos repetitivos. Por conta da dificuldade da ciência em desvendar o TEA, e por seus diferentes níveis, algumas pessoas podem passar anos sem saberem que fazem parte do espectro autista. Uma entrevista realizada com mulheres britânicas mostrou alguns desses casos que intrigam a ciência.

Maura, de 50 anos, foi diagnosticada com síndrome de Asperger, uma variação do Autismo, após o nascimento de seu filho. A mulher diz que nunca teria sido diagnosticada se não fosse por isso. Maura também falou de sua infância e de como sentia que as outras crianças sabiam lidar com as relações sociais de uma forma muito melhor que ela.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Em postagem emocionante, Marcos Mion se declara para filho mais velho, que sofre de autismo

Ela também fala da sensação de liberdade que sentiu ao ser diagnostica. “Quando meu autismo foi identificado, foi como se eu tivesse tirado do corpo um espartilho que eu sequer sabia estar usando”, disse a moça em entrevista.

Hannah foi outra entrevistada que contou como passava muitas manhãs de sua infância “dentro de seu próprio mundo”. A jovem de 28 anos disse que conseguiu entender muitas coisas de seu comportamento da infância ao ser diagnosticada. Hannah não conseguia brincar com outras crianças. Hoje ela realiza um estudo de PhD sobre crianças autistas e afirma que elas aprendem a copiar a forma de interação das crianças não-autistas.

A entrevista aponta outros casos que mostram como é importante o diagnostico do TEA para que a pessoa possa se entender e entender o mundo ao redor.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Lava a jato oferece emprego para pessoas com autismo e negócio cresce cada vez mais