Após ter que lavar roupa com as mãos, jovem indiana cria u

INSPIRAÇÃO

Após ter que lavar roupa com as mãos, jovem indiana cria uma máquina para ajudar quem não tem energia

Date February 27, 2018 16:10

Nada como uma experiência marcante para gerar uma grande e inovadora ideia! Isso foi o que aconteceu com a jovem indiana Remya Jose. Hoje ela tem 20 anos, mas foi aos 14 que ela vivenciou uma experiência que a fez ter uma ideia para ajudar não só a ela, mas a inúmeras pessoas que passavam pela mesma situação.

Pavel Laputskov / Shutterstock.com

A inspiração ocorreu quando a mãe de Remya adoeceu, deixando ela e sua irmã gêmea encarregadas de lavar todas as roupas da casa com as próprias mãos. Essa não deve ter sido uma experiência fácil. E assim veio a ideia de criar uma máquina de lavar roupas para quem não tem energia. Agora, até aqueles que estavam antes completamente impossibilitados de ter acesso a essa regalia poderiam usufruir desse benefício.

reddess / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Invenção faz com que a própria natureza seja nossa fonte de energia

O funcionamento da máquina de lavar acontece através de um sistema que conecta, por meio de uma corrente de bicicleta, um pedal a um tambor de alumínio. Esse sistema foi desenvolvido por uma oficina local e reutiliza alguns componentes antigos de bicicletas, contribuindo para a acessibilidade e sustentabilidade da invenção.

A criação foi tão revolucionária que fez com que a jovem ganhasse um prêmio de inovação, concedido pela National Innovation Foundation na Índia. O prêmio foi entregue diretamente pelo ex-presidente indiano, Abdul Kalam. Veja abaixo o vídeo sobre a invenção:

Mas essa não é a primeira criação de Remya. A jovem já vinha demonstrando talento para ciência e para a solidariedade desde a época da escola, criando uma torre de transmissão de celulares e um modelo de caçarola que conserva calor e, ao mesmo tempo, serve como aquecedor térmico. Esperemos que mais jovens se insperem em Remya e possam ter ideias que contribuam para um sociedade cada vez mais solidária!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Brasileiro de 18 anos cria aparelho que transforma pensamentos em palavras