Saiba alguns sinais que o corpo dá quando você está estressado

Saúde e Estilo de Vida

February 18, 2018 03:08 By Fabiosa

Você sabia que o nosso corpo dá sinais que nada vai bem. Problemas estomacais, nervosismo, dores de cabeça e tremores nas pálpebras, podem ser causas do estresse. Muitas vezes são sintomas que você nem percebe, mas é um modo do corpo avisar que nada vai bem com você.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Estudos comprovam que o estresse provoca insônia e pode te engordar

A queda de cabelo é um efeito deste mal moderno. Em excesso mostra que nada vai bem e que há um grande desequilíbrio emocional, capaz de enfraquecer os fios. O ideal é observar se o ralo do banheiro está cheio de cabelo. Normalmente caem cerca de 50 a 100 fios por dia, mais que isso, é sinal de algo errado, como hormônios desequilibrados.

gettyimages

Alergias de pele também são avisos que você anda estressado. Em algumas pessoas aparecem bolinhas em diversas partes do corpo. E estudo revelaram, que 40% das pessoas com problemas emocionais têm esses sintomas. A pessoa ainda pode apresentar inchaço, ardência e pele avermelhada.

Se você tem muitas dores no corpo, como se tivesse um nó, principalmente nas costas. Isso já é sinal de tensão muscular e é a forma do corpo advertir que tem algo errado.

gettyimages

Aqueles espasmos que as vezes uma pessoa tem nos ombros, braços e pálpebras, eles duram cerca de três dias, mas se forem frequentes é um aviso que está com sintomas de estresse.

Formigamento também é um aviso de ansiedade e acontece mais nas extremidades do corpo (pés, braços e mãos). Muitas vezes não é nada grave, mas se for em órgãos mais externos é bom procurar um médico.

gettyimages

Uma forma de evitar esses sintomas é praticar exercícios físicos. Meditação e atividades relaxantes ajudam muito na melhora da tensão e do estresse.

Aliando tudo isso com uma alimentação mais equilibrada, você está livre de estresse.

Fonte: Catraca Livre

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 6 benefícios do alongamento para a saúde: da melhora do equilíbrio ao alívio do estresse


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.