Grandes Enredos: "Sonhar Não Custa Nada", sucesso de Paulinho Mocidade se tornou um "hino

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

Grandes Enredos: "Sonhar Não Custa Nada", sucesso de Paulinho Mocidade se tornou um "hino" da escola e sua letra continua despertando a esperança

Date January 18, 2018 12:42

Era 1989, a escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel perdeu um dos seus grandes sambistas, o ícone Ney Vianna. Com a proximidade do desfile de 90, a escola passou a cogitar alguns nomes para uma substituição às alturas e foi assim que Paulinho Mocidade surgiu para abalar o carnaval daquele ano.

A Mocidade ganhou o Carnaval nos anos 90 e 91. E foi em 1992 que Paulinho compôs e desfilou o inesquecível "Sonhar não custa nada" que se tornou um hino da escola naquele ano, apesar de não ter levado o título para a Mocidade, que perdeu para a Estácio de Sá com o samba "Paulicéia Desvairada - 70 anos de Modernismo".

Apesar de não ter vencido o título, o enredo ficou famosíssimo e caiu na boca do povo eternizando o feito de Paulinho Mocidade.

Diferente de muitos enredos que possuem uma temática política, social ou histórica, "Sonhar não custa nada trata-se simplesmente da exaltação da necessidade do sonho e a esperança, "Transformar o sonho em realidade / E sonhar com a mocidade / E sonhar com o pé no chão" é o chamado para o anseio de dias melhores.

A música também era o sonho da nação Padre Miguel de conquistar o terceiro título seguido no Carnaval do Rio de Janeiro. E se pararmos para pensar bem, ela é também um pouco da descrição do brasileiro, esse povo que sonha mesmo com tantas mazelas que nos cercam.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Carnaval de Veneza: a tradição e o luxo de um dos carnavais mais antigos da história

E agora que tal pular um pouquinho do Carnaval? Confira a letra desse super-enredo abaixo e aumente o som:

"Sonhar não custa nada

O meu sonho é tão real

Mergulhei nessa magia

Era tudo que eu queria

Para esse carnaval

Deixe a sua mente vagar

Não custa nada sonhar

Viajar nos braços do infinito

Onde tudo é mais bonito

Nesse mundo de ilusão

Transformar o sonho em realidade

E sonhar com a mocidade

E sonhar com o pé no chão

Estrela de luz

Que me conduz

Estrela que me faz sonhar

Amor, sonhe com os anjos (não se paga)

Não se paga pra sonhar

Eu sou a noite mais bela

Que encanta o teu sonho

Te alucina por te amar (amar, amar)

Vem nas estrelas do Céu

Vem na lua de mel

Vem me querer

Delírio sensual

Arco-íris de prazer

Amor, eu vou te anoitecer

Eu vejo a lua no céu

A mocidade a sorrir

De verde-e-branco na sapucaí"

E você, tem algum samba-enredo marcado na sua história? Deixe nos comentários!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Grandes Enredos: Salgueiro explodiu o coração de milhões de brasileiros em 1993 com um samba-enredo que é hit até os dias de hoje