Personagens inesquecíveis: quem se lembra da Jô Penteado da novela “A Gata Comeu”?

NOTÍCIAS

Personagens inesquecíveis: quem se lembra da Jô Penteado da novela “A Gata Comeu”?

Date January 24, 2018 13:24

A novela “A Gata Comeu” foi um grande sucesso da Rede Globo, transmitido em 1985. A novela foi inspirada em outra, chamada A Barba Azul, escrita pela mesma autora Ivani Ribeiro.

Coincidência ou não, uma das protagonistas da novela “A Gata Comeu” era a Jô Penteado, interpretada por Christiane Torloni e seu apelido era Barba Azul, por colecionar noivos.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Personagens inesquecíveis: Odete Roitman, da novela Vale Tudo, foi uma das maiores vilãs da televisão brasileira

Jô era uma mulher rica e muito charmosa, mas com muitos problemas psicológicos. Isso a tornava uma pessoa intransigente. O que se dizia na trama era que ela conquistava os homens e depois os fazia gato e sapato.

Depois, ao longo da história, foi possível compreender que ela agia dessa forma por um trauma de abandono.

Jô sofria de sonambulismo e neste estado tinha comportamentos diversos. Ela e o professor Fábio Coutinho, interpretado por Nuno Leal Maia, se apaixonaram e os dois viviam uma relação turbulenta.

A novela contou com um elenco muito bem selecionado de atores que deixaram saudades. Além de Christiane Torloni e Nuno Leal Maia, também participaram da trama Mauro Mendonça, Anilza Leoni, Bia Seidl, Deborah Evelyn, Fátima Freire e Danton Mello.

Quem acompanhou a novela naquela época teve a oportunidade de matar a saudade na reprise, que foi transmitida no ano passado pelo canal pago Viva.

O sucesso da novela se justifica por uma legião de fãs que eram crianças naquela época e foi reprisada também duas vezes na Rede Globo: uma em 1989 e outra em 2001.

O casal Jô e Fábio fez história. Eles tinham personalidades opostas, mas que atraíram a admiração e torcida de muitos telespectadores na época. Se esse casal estivesse no ar hoje em dia, com certeza teria muitos seguidores shippando.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Personagens Inesquecíveis: Odorico Paraguaçu, tinha papel cômico no “O Bem Amado”, primeira telenovela a ser transmitida em cores no Brasil,