6 mitos sobre a felicidade que impedem ser feliz de verdade

INSPIRAÇÃO

6 mitos sobre a felicidade que impedem ser feliz de verdade

Date October 6, 2017 04:56

Vivemos esperando o tempo certo de sermos felizes. Nos impomos condições às vezes impossíveis de alcançar a tão desejada felicidade. Na imensa maioria das vezes, nós mesmos nos sabotamos e é muito bom esclarecer os mitos sobre poder viver feliz, porque além de projetarem expectativas surreais ainda nos impedem de viver.

Olena Zaskochenko / Shutterstock

Vamos conferir o que quase todo mundo acha que é felicidade, mas na verdade são mitos que evitam que sejamos felizes de verdade:

1. Só serei feliz quando conquistar algo (cirurgia plástica, comprar carro, viajar para fora do país, mudar de casa, trabalho novo)

Quando a gente coloca nossas expectativas na conquista de algo corremos um sério risco de nos decepcionar (mesmo que essa coisa seja na melhoria estética). Essas coisas nos concedem o prazer da vitória e é uma alegria passageira por conta do entusiasmo. Mas nada além disso. De acordo com o psicólogo e autor do livro "O jeito Harvard de ser feliz", Shawn Achor, a atitude mental é que trará a felicidade antes de uma conquista material.

Ou seja: a felicidade vem de dentro, não de algo externo a nós. E todos nós temos a tendência a idealizar isso. O que todo mundo se assusta é que isso traz a responsabilidade por estar feliz ou não diretamente para a pessoa. Ser feliz é também fazer a manutenção do estado do espírito. Isso significa que é uma escolha. Ter objetos é interessante, mas para ser feliz não precisa ser escravo deles.

2. Só serei feliz quando ganhar mais dinheiro

Iakov Filimonov / Shutterstock

A máxima "dinheiro não traz felicidade" é uma verdade. Tudo bem que ele facilita o acesso a certas coisas e situações, mas pesquisas recentes já comprovaram que a sensação de felicidade de alguém que recebe um salário mínimo e 10 salários mínimos é a mesma. Mais ainda: pessoas pobres são mais felizes do que aquelas que esbanjam dinheiro.

Pessoas com menos condições financeiras procuram mais os meios em que possam ser alegres e sorrir mais do que aquelas que mais recebem. Dívidas todos temos, mas não é o dinheiro que vai resolvê-las e sim a forma com que as encaramos.

3. Só serei feliz quando for mãe

Algumas mulheres nasceram para ser mães. Outras aprendem a ser mães. Outras não nasceram para ser mães. Não adianta você, que não tem a menor vontade de ser mãe, acreditar que a felicidade virá como um bálsamo no momento em que tiver um filho.

A maternidade transforma a vida da mulher totalmente e é sim motivo para que qualquer mulher se sinta feliz, mas para que isso aconteça é necessário que ela esteja em equilíbrio consigo. Se você põe suas expectativas de felicidade numa criança, acaba também criando um peso enorme para seu filho.

4. Só serei feliz quando me apaixonar

suriyachan / Shutterstock

O cantor e compositor Renato Russo descreve o amor em Monte Castelo (canção que traz citações do poeta Camões, além do capítulo 13 de 1º Coríntios, da Bíblia) e muito se assemelha a descrição de uma paixão: "fogo que arde sem se ver / ferida que dói e não se sente / contentamento descontente / é dor que desatina sem doer". 

A paixão proporciona alegria extrema e muito vontade de estar junto, mas está longe de ser felicidade. Quando duas pessoas estão apaixonadas elas não raciocinam direito e fazem coisas sem sentido e se as pessoas não tiverem uma boa estrutura, podem sofre demais.

O amor, como procura explicar a canção, é o que poder fazer uma pessoa feliz. mas antes de mais nada o amor deve ser a si próprio antes de amar alguém e isso é o que promove a felicidade.

5. Só serei feliz se não mostrar que estou feliz

Sabemos que rola aquele medo de olho gordo. Mas, quem é feliz preocupado? Ninguém! Quem é feliz disfarçando que não está? Ninguém! Qual a serventia de estar feliz e não poder sorrir e expressar? Nenhuma.

E cá entre nós... Você deve refletir se esse pensamento lhe ocorre porque o sucesso e o bem-estar alheio te incomoda. Se não for isso, se liberte dessa preocupação e seja feliz sem se preocupar com a opinião dos outros.

6. Sou velho(a) demais para ser feliz

Ruslan Guzov / Shutterstock

Acha que ao envelhecer acabou a sua cota de felicidade e que quando você era mais jovem as coisas eram mais alegres? O saudosismo é bom, mas se deixar prender no passado, não. Ser feliz não é uma ação do tempo e nem um momento, é uma questão de escolha. Se você vive esse é o momento certo de ser feliz.

Recomendamos para você: Avó deixa para sobrinha que ainda nem nasceu um presente lindo antes de morrer