Ex-catadora transforma sua própria casa em creche gratuita

NOTÍCIAS

Ex-catadora transforma sua própria casa em creche gratuita

Date January 30, 2018 16:27

É certo que todos passamos por situações difíceis, mas o que distingue cada um de nós das outras pessoas é a forma como lidamos com isso.

Márcia Pinheiro, ex-catadora de materiais recicláveis e mãe de quatro crianças pequenas, é um exemplo de quem sabe transformar dificuldades em oportunidades, pois aproveitou sua própria experiência para solucionar um sério problema social da região em que mora.

A situação de Márcia não era das mais fáceis: morando em uma área próxima a um dos maiores lixões da América Latina, no Distrito Federal, ela não encontrava vagas nas creches oferecidas pelas instituições públicas.. A partir daí surgiu a ideia de fazer da sua própria casa um lugar de apoio, onde outras catadoras pudessem deixar seus filhos enquanto trabalham.

Brainsil / Depositphotos.com

Não aguentava mais trabalhar no lixo. Ai pensei: se eu fizer uma 'creche', não vou precisar pagar uma para meus filhos e ainda ajudo outras mulheres.

MaciejBledowski / Depositphotos.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Creche e Asilo no mesmo lugar? Você vai se comover com essa história

Esse projeto, chamado de Artes e Sonhos, já acontece há mais de um ano e acolhe gratuitamente 30 crianças de segunda à sexta. Mas o serviço não pára por aí: a casa ainda recebe cerca de 120 jovens durante os finais de semana, os quais são orientados por uma equipe voluntária de professores de inglês, pintura e matemática.

diego_cervo / Depositphotos.com

Além de ser sustentado pelas doações e pelo voluntariado de tais profissionais, o projeto conta com 7 cuidadoras voluntárias fixas. Entre elas, quatro são catadoras, as quais alternam o trabalho no lixão com o atendimento na creche e três são moradoras de outras áreas do DF, que colaboram com alimentos e cuidados médicos para as crianças.

As pessoas falam que sou doida porque me privei de ter uma casa para dar abrigo aos outros. Hoje tudo que é meu é das outras pessoas também.

kash76 / Depositphotos.com

Mesmo em meio às críticas, Márcia persistiu nessa ideia. Mais do que ter modificado sua casa, o trabalho de Márcia gerou uma verdadeira transformação na comunidade em que vive.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Pai leva seu filho para o trabalho todos os dias