Mulheres Inspiradoras: ex-usuária de crack, mulher vira con

INSPIRAÇÃO

Mulheres Inspiradoras: ex-usuária de crack, mulher vira confeiteira de sucesso e prepara-se agora para abrir seu próprio negócio

Date March 8, 2018 14:46

A história de Desirée é cheia de reviravoltas e de uma beleza impressionante. Mais que um exemplo de superação, essa mulher é como uma mãe para aqueles que ainda passam pelo que ela viveu antes de ter sua vida transformada.

Desirée Mendes foi dependente de drogas por cerca de 22 anos, 16 deles morando na Cracolândia, em São Paulo. Durante esse tempo, foram dezenove tentativas de internação e onze passagens pela prisão.

No ano de 2012, ela passou pelo momento mais difícil da sua vida: estava grávida e havia descoberto que o pai do seu filho era soropositivo. Ao ser tomada pelo desespero, afundou-se mais ainda no vício e desistiu de viver. No dia em que decidiu que iria se matar, passou pela primeira reviravolta da sua jornada.

Ela comprou 100 reais em pedras de crack com a intenção de fumá-las até morrer, mas acabou sendo presa e, a partir daí, sua história começou a mudar: "Foi o que salvou minha vida. O que era o fim virou um começo". Na cadeia, Desirée deu uma basta às drogas: "Estava chovendo muito, e eu grávida. Por trás das grades, olhei a lua como se ela fosse Deus, e falei que iria parar. Nunca mais fumei crack".

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Mulher encontra colega de infância morando na rua, dependente de drogas e decide ajudá-lo!

Em 2012, dois meses depois do nascimento do seu filho, ela saiu da prisão para aguardar os recursos em liberdade. Sem profissão e com muitas portas fechadas, por conta do seu passado, ela começou a vender brigadeiros na rua.

Um dia, ela foi levada por uma emissora de TV evangélica a um jantar no requintado Cereja Flor Café Bistrô, onde conheceu a proprietária Jaqueline Alves. A partir desse encontro, sua trajetória teve mais uma reviravolta e quem explica isso é a própria dona do restaurante:

Depois que acabou o programa, conversei com a Desirée e vi que ela era tudo o que eu precisava. Uma confeiteira com muita vontade de aprender e de trabalhar. (…) Se você não der oportunidade, como a pessoa vai mudar?

Sem se prender ao passado da ex-usuária de crack, Jaqueline deu a oportunidade que Desirée precisava para descobrir que é uma confeiteira de mão cheia. A nova funcionária da casa logo conseguiu se destacar e virou líder da equipe de confeiteiros. Junto à dona, inventou doces e garantiu mais sucesso ao estabelecimento.

As duas tornaram-se amigas, tanto que se preparam agora para abrir um confeitaria no centro de São Paulo, a poucos metros da Cracolândia. Será a terceira reviravolta dessa história.

Hoje, além de ser uma confeiteira de sucesso, a ex-usuária de crack dá aulas de gastronomia para usuários de drogas, no centro de reabilitação Recomeço. A oficina funciona como uma forma de reduzir danos e pode ser vista como o primeiro passo para o tratamento.

“Por trás da dependência, tem almas”, afirma um dos alunos de Desirée, que mostra ter muita sensibilidade no olhar e já conquistou o respeito dos participantes da oficina, dos quais vários já dividiram drogas com ela, mas hoje a vêem como um exemplo e a esperança de um dia também mudarem de vida.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Após sofrer aborto e perder movimento das pernas, mulher teve mais dois filhos e se tornou psicóloga