Guia Definitivo da Osteoporose: o que é, como identificar e como tratar

INSPIRAÇÃO

Guia Definitivo da Osteoporose: o que é, como identificar e como tratar

Date September 27, 2017 16:42

A osteoporose é uma doença sistêmica (que atinge todo o esqueleto) e metabólica, caracterizada pela perda de massa óssea, que deixa os ossos mais frágeis e sujeitos a fratura. É um problema de saúde quase  exclusivamente feminino: a cada 10 pessoas com osteoporose, 8 são mulheres.

As regiões mais afetadas costumam ser quadril, coluna e punhos. Os danos causados pela osteoporose não são apenas físicos, já que também interfere no aspecto emocional e social.  Imagine uma pessoa que sempre foi muito ativa e, de repente, se vê limitada por uma fratura nos ossos? Por isso, é importante um tratamento preventivo e, caso a doença já tiver afetado alguma parte do corpo, um acompanhamento psicológico também é recomendável, porque vai ajudar o paciente a lidar com o isolamento social temporário e tentar acalmá-lo durante o período de recuperação.

Em casos mais graves, a osteoporose impossibilita a pessoa de andar sozinha, pode levar à incapacitação permanente ou até mesmo à morte (quando ocorre algumas complicações nas fraturas, como trombose e necrose). Mas não é preciso deixar chegar a esse ponto! Algumas medidas preventivas podem suavizar os efeitos da doença ou até mesmo prevenir a chegada dela.

Mudança de hábitos

Sabe aquele cafezinho? É um veneno para quem tem problemas nos ossos porque dificulta a absorção de cálcio pelo organismo. O sal. refrigerantes e chocolate também entram na lista dos "ladrões" de cálcio. Por outro lado, é valido incluir na dieta alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados, vegetais verde-escuro, gergelim e sardinha.

A atividade física também é uma prática muito bem-vinda. Uma rotina de exercícios moderados. como caminhada ou hidroginástica, ajuda a proteger o tecido muscular e fortalecer a musculatura.

O sol é um grande aliado na prevenção da osteoporose pois é fundamental para a síntese de vitamina D. Um banho de sol bem administrado (primeiro sol da manhã ou no finalzinho da tarde) pode fazer maravilhas pela sua saúde.

Sintomas

Muitas pessoas não apresentam indícios da doença até sofrer uma fratura óssea. Porém, em alguns casos é possível identificar os seguintes sintomas:

  • Má postura;
  • Dor ou sensibilidade nos ossos;
  • Dor na lombar ou no pescoço (em decorrência de fraturas na coluna).

Diagnóstico

É possível identificar a doença através de ultrassonografia, radiografia e exame de densitometria óssea.

Tratamento

O tratamento não vai acabar com a doença, mas pode retardar ou interromper a perda da massa óssea e minimizar a dor. Pode ser feito com medicamentos, reposição de estrogênio, suplementação de vitamina D e cálcio, O paciente também pode recorrer a cirurgias específicas, como a Cifoplastia e a Vertebroplastia.

O propósito deste artigo é meramente informativo. Não há intenção de oferecer recomendações médicas. Fabiosa não é responsável por possíveis consequências de qualquer tratamento, procedimento, exercício, alteração alimentar, ação ou uso de medicamentos resultantes da leitura e das instruções contidas neste post. Antes de começar qualquer tratamento, consulte um médico. As informações acima não substituem um diagnóstico a ser realizado por uma equipe de profissionais preparados.

Recomendado para você: Guia Definitivo da Artrite: o que é, como identificar e como tratar