Danuza Leão levanta polêmica com texto sobre assédio: "Ac

CELEBRIDADES

Danuza Leão levanta polêmica com texto sobre assédio: "Acho que toda mulher deveria ser assediada pelo menos três vezes por semana para ser feliz"

Date January 11, 2018 04:19

Não é de hoje que um texto de Danuza Leão provoca fortes emoções nos leitores (para o bem e para o mal). Acostumada às polêmicas, dessa vez ela resolveu opinar em um texto para o jornal O Globo sobre a onda de acusações de assédio na indústria de entretenimento dos Estados Unidos e criticou a ação das atrizes que foram vestidas de preto na cerimônia do Globo de Ouro como forma de protesto.

Para a escritora, o evento pareceu "um grande funeral" e ela ainda afirma no texto que espera que essa onda não chegue ao Brasil.

VEJA TAMBÉM: Discurso anti-assédio e abuso contra mulheres domina cerimônia do Globo de Ouro

"Isso é coisa de americano. Lá eles não têm noção de sexo. É ótimo passar em frente a uma obra e receber um elogio. Sou desse tempo. Acho que toda mulher deveria ser assediada pelo menos três vezes por semana para ser feliz. Viva os homens."

Rapidamente, o texto viralizou e os internautas logo se manifestaram a favor ou contra a opinião de Danuza. Até mesmo os seus netos entraram na polêmica, mas não ficaram do seu lado. O fotógrafo João Wainer e a artista plástica Rita Wainer usaram uma imagem bem clara no Instagram para condenar a opinião da avó.

A pichação no muro "Minha avó tá maluca" é uma alusão a uma letra de funk.

O que vocês acharam dessa história? Concordam ou discordam da Danuza?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: De olho na presidência? Discurso arrebatador de Oprah no Globo de Ouro reacende especulação de que ela pode se candidatar à presidência dos EUA