Aqueles vegetais "feios" que são largados na gôndola, agor

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

Aqueles vegetais "feios" que são largados na gôndola, agora estão mais baratos

Date November 8, 2017 01:20

Quantas vezes você já foi no mercado comprar alguma verdura, fruta ou legume e acabou deixando alguns deles de lado e escolhendo outro, só porque eles estavam “feios”? Pois imagine que, assim como você, muitas outras pessoas tomam a mesma atitude e o resultado no final das contas são gôndolas cheias de alimentos que estão prestes a serem descartados.

Recomendamos para você: John Lennon tinha uma vida bastante estranha e esses 5 fatos comprovam isso

E pode acreditar, isso acontece muito mais do que imaginamos. São toneladas e toneladas de alimentos que são descartados, simplesmente por serem “feios”.

ketta / Depositphotos.com

Para tentar reverter essa situação, alguns mercados brasileiros começaram a adotar uma estratégia, que já é usada no exterior há alguns anos. Algumas redes estão colocando esses alimentos “feios” a um preço mais barato.

São redes como o Extra, Carrefour e Atacadão, que estão abrindo espaços em suas lojas para gôndolas com esses produtos disformes ou com prazo de validade próximo ao vencimento. Os descontos chegam até a 40%.

Dessa forma, as redes pretendem reduzir drasticamente o desperdício (isso porque boa parte acaba indo para o lixo, por puro preconceito). Outro fator importante para a decisão dos mercados é a possibilidade de combater a fome. Uma vez que muitas famílias poderão economizar um pouco de dinheiro na alimentação, nesta época de crise.

ThaiThu / Depositphotos.com

Na rede Extra, os clientes encontram alimentos “feios” com até 20% de desconto, desde maio deste ano. Na maioria, são vegetais como limões, pimentões, batatas, laranjas e tomates.

No Carrefour, a decisão de vender produtos fora do padrão aconteceu há pouco tempo, mas no caso desta rede, o desconto é maior: 30%. Por lá, a lista inclui 11 alimentos “feios”. O programa de desconto está disponível todas as sextas-feiras, nos hipermercados de Pinheiros e José Bonifácio, ambos em São Paulo.

minervastock / Depositphotos.com

Já no Atacadão, esse programa de incentivo à compra de alimentos “feios” já existe há dois anos.

Agora não tem mais desculpa para não tem mais desculpa para deixar esses alimentos de lado. Além de terem o mesmo valor nutricional e fazerem bem à saúde, agora também fazem bem ao bolso.

Veja também: Grace Kelly: o caminho tortuoso de Rainha de Hollywood à Princesa de Mônaco