Garota faz história ao ser a primeira jovem com síndrome d

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

Garota faz história ao ser a primeira jovem com síndrome de Down a vencer um concurso de Miss

Date November 30, 2017 00:38

No último domingo (26), o mundo ficou um pouco mais bonito e charmoso. Com o concurso oficial de Miss, a cidade de Minnesota, nos Estados Unidos, deu um chega pra lá no preconceito e coroou, pela primeira vez na história, uma garota com síndrome de Down como a mais bonita do concurso.

Recomendamos para você: Ivete Sangalo fala em entrevista sobre sua gravidez e sobre o aborto que sofreu antes dela

A jovem Mikayla Holmgren conseguiu, assim, realizar seu sonho de ser a primeira representante de pessoas com essa síndrome a subir no palco de um concurso oficial e ser laureada no final. E ela não ganhou apenas o prêmio principal não. Foram dois prêmios que ela levou para casa.

Em uma entrevista dada ao site BuzzFeed News, ela contou um pouco sobre a emoção de participar de um evento como esse.

No bate-papo, a americana conta que ficou chocada e que tudo começou depois que ela competiu em um concurso voltado a pessoas com necessidades especiais. Para ela, chegar ao concurso principal da região foi uma loucura.

Na premiação, Holmgren arrancou suspiros da plateia por ganhar os prêmios Spirit of Miss USA Award e Director’s Award. Segundo ela, ter alcançado o posto máximo nessas duas categorias foi fruto de bastante trabalho. A jovem conta que desde sempre ela e a mãe estão acostumadas a comprar roupas, simularem entrevistas e fazendo do seu dia a dia cada vez mais parecido com uma competição de Miss.

I seriously could be an advertisement for @hairgodandrew #pageanthair #downsyndromebeauty #teammikayla #icouldgetusedtothislife

Uma publicação compartilhada por Mikayla Holmgren (@mikholmgren_inspiring_others) em

Como se a participação da jovem de 22 anos não fosse bastante apenas para a família dela, outras mães de meninas que enfrentam a mesma síndrome começaram a se incentivar e perceberem que suas filhas fazem parte, SIM, da sociedade.