Essas 4 músicas infantis tocadas ao contrário já foram mo

CELEBRIDADES

Essas 4 músicas infantis tocadas ao contrário já foram motivo de pavor de muita gente

Date 11 de abril de 2018

Se tem uma lenda que aterrorizou parte das crianças dos anos 80 e 90 essa era sobre as músicas de algumas figuras que, quando tocadas de trás para frente, traziam mensagens obscuras.

Essas histórias eram tão divulgadas nessas duas décadas que parte dos pais até evitava colocar essas músicas para seus filhos. Nem na versão original.

1. Superfantástico - "Somos extremistas e já invadimos o mundo/ Porque já moramos, porque já morremos..."

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Do fundo do baú! Um comentário sobre política no programa de Hebe Camargo quase tirou o SBT do ar

E esse tipo de lenda não perdoava quase nenhum artista infantil ou com canções voltadas às crianças. Tanto é que era só um artista lançar uma música, que alguém já ia lá e checava se não tinha nenhuma mensagem subliminar escondida.

2. Doce Mel - "E sangue entra na boca como lanche..."

Mas a maior parte dessas mensagens escondidas nada mais era do que pura indução de uma mistura que raramente dá errado: texto e imagem. Isso porque na maior parte dessas músicas, a mensagem subliminar só poderia ser entendida quando lida ao mesmo tempo em que a pessoa escutava.

3. Os Dedinhos - "Onde cês brinca, onde cês mora... Eu assusto a todos"

Essa técnica é um tipo de forma de enganar o cérebro e faz com quem está ouvindo realmente acredite que ali existe algo escondido. Sendo assim, a pessoa pensa estar ouvindo a mensagem, mas nada mais é do que uma indução.

Pelo sim, pelo não... Esses são as quatro das mais assustadoras. 

4. Quem Quer Pão - "Ah, não vai ao Céu! Fique ao lado do diabo!"

Medonho não é?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Walcyr Carrasco já tem o final de O Outro Lado do Paraíso escrito e desfecho promete ser imprevisível