Nariz de Pinóquio! Como identificar e entender as pessoas mentirosas

INSPIRAÇÃO

Nariz de Pinóquio! Como identificar e entender as pessoas mentirosas

Date March 4, 2018 00:02

Quem nunca caiu em alguma mentira na vida? E quem nunca mentiu? Parece que a mentira é um dos atos mais desaprovados por nossa sociedade, mas ao mesmo tempo, presente na vida de todos.

alphaspirit / Shutterstock.com

Desde muito cedo, os pais ensinam a não mentir e em alguns ou diferentes momentos da vida, a famosa “mentirinha inofensiva” pode estar presente. Medo de rejeição, da não aceitação e escapismo podem ser alguns dos gatilhos. Mas também existem aqueles mentirosos profissionais que convencem até as pessoas mais desconfiadas.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: As principais mentiras criadas para não sair da zona de conforto

Sabemos que os mentirosos natos podem sofrer de algum tipo de transtorno e geralmente são pessoas mais ansiosas, inquietas e necessitam de atenção. Para reconhecer se a pessoa está mentindo, é importante observar a forma de comunicação do corpo, o tom de voz, a sobrancelha, o olhar e a postura das mãos e dos pés.

pathdoc / Shutterstock.com

Existem muitas receitas e técnicas para perceber esses sinais, mas no geral, é suficiente apenas observar atentamente essas características e notar se existem movimentos ou expressões artificiais. O corpo nunca mente.

As pessoas que costumam mentir muito geralmente sofrem de baixa autoestima e autoaceitação e a mentira pode ser um recurso de defesa para não demonstrar suas fraquezas e sentimentos. Além disso, comportamentos impulsivos que gerem arrependimento, vergonha, frustração e constrangimento da própria pessoa podem estimular o hábito de mentir.

Antonio Guillem / Shutterstock.com

No geral, a mentira pode magoar e decepcionar muito as pessoas que são vítimas da mentira, mas as consequências mais negativas são para quem mente, que sofre perdas sociais e emocionais muitas vezes irreversíveis.

Sabendo disso, é bom lembrar que mesmo as mentiras consideradas inocentes podem ser prejudiciais.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Mentiras que devem ser evitadas no início de uma relação para começar com o pé direito


O material deste artigo é destinado apenas a fins informativos e não substitui o conselho de um especialista devidamente habilitado.