Psicologia Positiva ajuda as pessoas a superarem seus desafi

FAMÍLIA & CRIANÇAS

Psicologia Positiva ajuda as pessoas a superarem seus desafios por meio da positividade e da resiliência

Date 3 de março de 2018

Fazer terapia é uma necessidade que gera medo, insegurança e muitas vezes desperta um certo preconceito de uma geração que ainda pensa que “terapia é coisa para loucos”.

wavebreakmedia / Shutterstock.com

Ao longo do tempo, temos visto que esse tabu vem sendo quebrado e cada vez mais pessoas estão recorrendo a essa ferramenta de evolução pessoal para conquistarem mais qualidade de vida e saúde mental.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Você já tomou sua dose de gratidão hoje? Então tome, ela é um ímã de coisas boas!

Mesmo assim, muita gente ainda tem medo de entrar em contato com seus próprios medos e limitações, o que geralmente acontece em uma sessão de terapia.

wavebreakmedia / Shutterstock.com

E se ao invés de olhar para os seus problemas e fraquezas, você participar de um processo de terapia que é voltado para os seus pontos fortes? Bem mais confortável, não?

A Psicologia Positiva propõe isso e foi iniciada por Martin Seligman no final da década de 90, que defendia que é preciso olhar para o que dá certo com as pessoas. Apesar de ter sido muito criticada e até rotulada como “Autoajuda”, a Psicologia Positiva traz resultados porque trabalha no despertar dos recursos positivos do ser humano.

A metodologia consiste em ajudar o paciente a desenvolver a resiliência, o otimismo e a positividade, mesmo diante de situações externas e problemas que muitas vezes não temos controle.

alphaspirit / Shutterstock.com

A resiliência, que consiste na capacidade de passar pelos “tombos” da vida e retornar ao estado anterior de equilíbrio ainda mais forte, não é um traço de personalidade e sim um processo de aprendizado dinâmico.

Além do desenvolvimento da resiliência, focar nos progressos e nos pontos fortes, agir com positividade e estar perto de pessoas otimistas são alguns dos aspectos que a Psicologia Positiva estimula e que pode trazer resultados positivos.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Que tal uma aula de…felicidade? Professor da Universidade de Harvard usa a Psicologia Positiva para ensinar a ciência da felicidade


O material deste artigo é destinado apenas a fins informativos e não substitui o conselho de um especialista devidamente habilitado.