Rinite alérgica: como tratar e driblar os sintomas mais des

Rinite alérgica: como tratar e driblar os sintomas mais desconfortáveis da doença

Família & Crianças

February 7, 2018 13:12 By Fabiosa

O nariz coça, escorre e entope, os olhos lacrimejam, além dos espirros constantes, os olhos ficam vermelhos e inchados. Esse é o retrato mais comum da famosa rinite alérgica, uma das mais comuns da família “ite” e vivenciada por muita gente, principalmente quem vive nas cidades grandes ou quem fica exposto por muito tempo em mudanças climáticas.

ajlatan / Shutterstock.com

Trata-se de uma doença inflamatória de causas muitas vezes alérgica, que afeta toda a mucosa do nariz e seios paranasais. Em alguns casos, a rinite pode vir acompanhada ou desencadear outras doenças da família “ite” como a sinusite, amigdalite e faringite.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A Estação das flores traz alegria… e também alergias!

Algumas pessoas possuem intolerância a organismos e substâncias externas como ácaros, poeira, pólen, poluição, fumaça, pelos de animais, umidade ou ambiente sem ventilação, entre outros. Algumas pessoas com essa sensibilidade podem apresentar a rinite crônica e nestes casos, também é importante procurar um tratamento.

wavebreakmedia / Shutterstock.com

Em alguns casos repetitivos e mais graves, os pacientes podem ter alteração no olfato e no paladar e até problemas auditivos.

Muitas vezes, a doença pode vir de uma herança genética e acometer pessoas de todas as idades ou em algum momento da vida. No geral, os médicos fazem uma avaliação do ambiente, da rotina e histórico do paciente e genética.

Os tratamentos incluem identificar o agente que está causando alergia e promover o afastamento, além de tratamento com medicamentos como antialérgicos, corticosteroides para aplicação no nariz, entre outros remédios, de acordo com cada caso.

Robert Kneschke / Shutterstock.com

Observar e adaptar o ambiente também são medidas importantes para deixá-lo o mais limpo possível de ácaros, poeira, entre outros.

Tratamentos caseiros:

Existem formas de lidar com os sintomas em casa, como a limpeza nasal com soro fisiológico. Além disso, colocar cebolas em rodelas no quarto também pode manter o ar livre de ácaros, além de filtros de ar específicos para esse fim. A inalação durante o banho também pode ajudar a aliviar a congestão e os sintomas mais desconfortáveis.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 10 diferenças entre um resfriado comum e alergias


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.