Garotinho de 10 anos com doença hepática aposta na fé e n

FAMÍLIA & CRIANÇAS

Garotinho de 10 anos com doença hepática aposta na fé e na pintura enquanto espera transplante

Date January 31, 2018 15:47

Daniel Neves tem 10 aninhos de idade e se descobriu um pintor nato. Há dois anos, o menininho desenvolveu o talento e chama a atenção com as pinturas interessantes com motes religiosos, que emocionam pais, médicos e enfermeiros.

Isso, mesmo! O dom do pequenino foi descoberto durante uma das muitas sessões de hemodiálise que ele teve que passar durante esse tempo em que aguarda um transplante de rim.

FOI DADA A LARGADA!! ESTÁ TUDO LINDO. ?

Uma publicação compartilhada por Daniel (@danielxneves) em

LEIA TAMBÉM: Selena Gomez mostra que é uma guerreira e está novamente dando a volta por cima após transplante de rim

O menino foi diagnosticado com um problema muito grave quando tinha só oito meses de idade. Essa doença afetou completamente o funcionamento dos rins que pararam totalmente de funcionar há dois anos e, desde então, começou a luta desse pequenino para sobreviver.

Daniel e sua família são da cidade de Guanambi (BA), um município que fica há 796 quilômetros a sudoeste da capital baiana, mas acabou mudando para Salvador, pois precisaria fazer hemodiálise três vezes por semana. Hoje o pequenino reside com a mãe e a irmã num apartamento que foi emprestado por uma prima para que ele faça tratamento.

E foi durante essas sessões de hemodiálise que Daniel desenvolveu o dom artístico da pintura, realizando criações com inspirações religiosas, assim como santos e santas da Igreja Católica. Daniel desenhou uma santa para protegê-lo em um transplante: a Nossa Senhora dos Rins.

Todos os quadros são feitos com mto amor e carinho!! #danielneves #lutadiaria #transplanterenal #fé #deuséfiel

Uma publicação compartilhada por Daniel (@danielxneves) em

Enquanto o pequeno Daniel luta e aguarda um doador compatível, segue pintando e mantendo a fé de que tudo vai dar certo! Como todo o tratamento é muito dispendioso - e para auxiliar a custear alimentação, medicamentos e moradia -, a família tem publicado as imagens pintadas pelo jovenzinho em um perfil do Instagram, procurando vender os quadros para amenizar os gastos e pagar o transplante.

A família também fez uma vaquinha online para conseguir levantar fundos para o procedimento. Para ajudar, é só clicar aqui.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A vida deste menino dependia de um transplante, até que ele recebeu uma grande notícia pelo Facebook