Sisu: o que é e como garante o ingresso nas Universidades?

Sisu: o que é e como garante o ingresso nas Universidades?

Saúde e Estilo de Vida

January 25, 2018 13:22 By Fabiosa

Se você é estudante e está terminando o ensino médio este ano já deve ter feito a pergunta “como funciona o Sisu?”. É, de longe, uma das questões mais levantadas por alunos que já estão pensando no futuro ao pensar no Enem (ou que já passaram por ele) .

O foco do estudante que quer saber como funciona o Sisu não deve ser outro além o de entrar uma instituição pública de ensino superior. Desde 2010, essa é a única forma que o Ministério da Educação tornou para que seja possível a conquista de uma vaga para universidades desse modelo no Brasil.

Dasha Petrenko / Shutterstock.com

Duas chamadas acontecem depois disso. Uma em janeiro (segunda-feira, dia 29), a outra em junho de 2018. Ambas, permitem que os inscritos que não foram selecionados por terem ficado abaixo na nota de corte, possam participar de uma lista de espera que dura por volta de dez dias, dando ainda a possibilidade de serem convocados.

VEJA TAMBÉM: Aluna com nota máxima na redação do Enem diz que o segredo é treinar muito

Sisu significa Sistema de Seleção Unificada e, como mencionado, foi apresentado ao país há oito anos, assim que o MEC reformulou completamente o Exame Nacional do Ensino Médio que passou, desde 2009, a definir o futuro dos estudantes do Brasil que gostariam de ingressar uma faculdade (particular ou pública).

antoniodiaz / Shutterstock.com

O Sistema é, praticamente, o mesmo desde que nasceu. Semestralmente, o Sisu permite que os estudantes que realizaram as provas do Enem um ano antes e que não tiraram uma nota igual a zero nas provas (muito menos na redação), possam se inscrever para tentarem uma vaga em universidade públicas e institutos federais de todo o país, de forma totalmente gratuita.

Qualquer pessoa pode se candidatar ao Sisu?

Não. O estudante deve preencher alguns pré-requisitos para fazer parte do Sisu, mas eles não são complicados. O primeiro critério para se inscrever no programa é ter participado do Enem do ano anterior (nesse caso, 2017). O candidato, como dito acima, não pode participar se por acaso não tiver conseguido superar a nota zero durante a prova, ou mesmo se zerar a redação.

Como funciona o Sisu?

A maneira como funciona o Sisu é tão simples quanto a inscrição. Todas as universidades, faculdades e instituições que participarem do programa podem e devem exigir um aproveitamento por parte dos candidatos. Essa exigência varia de instituição para instituição. Além disso, após essa exigência, a nota de corte ainda é passível de ser aplicada.

[caption id="attachment_257048" align="alignnone" width="3288"] By Mateus S. Figueiredo (Own work) [CC BY-SA 4.0], via Wikimedia Commons[/caption]Na página de inscrição da própria universidade que se pretende fazer parte deve estar gravado a exigência para ocupação da vaga e questão. Deve-se ter cuidado com sites e páginas que prometem a realização da inscrição para o Sisu. Só há uma maneira oficial de realizar a candidatura e não é formulário, carnê ou qualquer coisa do tipo, e sim, pela Internet. A página é possível ser encontrada no link: http://sisu.mec.gov.br.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Viralizou: candidatos que falaram sobre cegos em vez de surdos na redação do Enem