Conheça Krav maga: uma técnica acessível que ensina mulhe

DICAS

Conheça Krav maga: uma técnica acessível que ensina mulheres a se defenderem contra agressões físicas

Date April 2, 2018 22:02

Nós, mulheres, encaramos diariamente o medo de sermos violentadas por homens. O número de casos de assédio e várias outras formas de agressão física à integridade feminina é assustador e cresce a cada dia.

Tendo esse lamentável contexto como realidade, é importante que sejam divulgados não só os crimes cometidos, mas também os meios possíveis de se defender contra tal violência. Pensando nisso, a Federação Sul-Americana de Krav Maga (FSAKM), promove uma iniciativa educadora desde 1993, que hoje se estende por todo o mês de março com a realização de sessões gratuitas da técnica israelense de defesa pessoal.

Afinal, o que é krav maga?

Segundo Kobi Lichtenstein, responsável pela introdução do método no Brasil e fundador da FSAKM, trata-se de uma técnica cuja finalidade exclusiva é possibilitar a legítima defesa em situações de perigo real, não sendo, portanto, reconhecida como arte marcial ou qualquer outro tipo de esporte.

Já que não é uma modalidade esportiva, o foco não é competir, nem queimar calorias ou definir o corpo. Mesmo assim, dá para suar bastante durante uma sessão de 60 minutos e ficar bem dolorida.

E o mais importante: a força não é um requisito primordial no krav maga. O importante é atingir o agressor em áreas sensíveis, como os genitais e os olhos. Sendo assim, é possível reagir à agressão de um homem forte e mais alto que você, porém com uma ressalva: deve-se antes dominar a técnica, uma vez que o que está em jogo é a sua sobrevivência.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A encantadora Emma Watson revelou todos os segredos de sua deslumbrante beleza…

Apesar de não ser um esporte, o processo de aprendizagem também envolve a troca de faixa, que vai da cor azul à branca, variando de acordo com o avanço da aluna.

Quanto ao treino, é feito primeiro um aquecimento mais tradicional, com corrida, chutes ao ar, flexões, abdominais e deslocamento lateral, tudo isso para que sejam trabalhadas habilidades como equilíbrio, resistência e coordenação. Depois, vem a parte prática, que é inteiramente baseada em situações que as mulheres costumam passar na rua, como tentativa de roubo de objetos e ainda puxões de cabelo, de roupa ou do seu corpo.

Além de aprender a técnica, quem faz krav maga também exercita a autoconfiança, a coragem e o controle emocional. “Trabalhamos em movimentos específicos, como pular para trás sem olhar. Aos poucos, a pessoa perde o medo. (…) A ideia é colocar o aluno sob stress físico e mental e obrigá-lo, assim, a domar seu comportamento”, explica Kobi. Para que se possa realizar o método com maestria, é preciso investir em anos de prática.

Inicialmente, o krav maga pode parecer difícil, mas com dedicação e persistência, pode ser aprendido por qualquer pessoa e traz benefícios essenciais ao empoderamento e à defesa da mulher.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Esta técnica simples e rápida ajuda as mulheres a se defender de ataques


Este artigo é destinado apenas a fins informativos. Antes de usar qualquer uma destas informações, consulte um especialista devidamente habilitado. O uso das informações descritas acima pode ser prejudicial para a saúde. O conselho editorial não garante resultados e não assume qualquer responsabilidade por danos ou outras consequências que possam resultar do uso da informação fornecida acima.