Homem que vivia em um coqueiro há três anos é finalmente

NOTÍCIAS

Homem que vivia em um coqueiro há três anos é finalmente removido de lá

Date 26 de outubro de 2017

Lá em 2014, o filipino Gilbert Sanches, que na época tinha 44 anos, acabou se envolvendo em uma briga e teve um ferimento grave em sua cabeça.

Após isso, ele ficou com medo de ser atacado mais uma vez e passou a viver no topo de um coqueiro que tem quase 20 metros de altura. Ele passou os últimos três anos de sua vida lá em cima, sem descer pra nada, até que foi removido à força pelas autoridades locais.

Esse estranho caso aconteceu no vilarejo La Paz, no estado de Agusan del Sur, nas Filipinas.

Sanches conta que recebia água diariamente, assim como comida e cigarros, que eram levados por sua mãe e entregues através de uma corda.

Ele no entanto nunca atendeu aos pedidos de sua mãe, que pedia para que ele descesse do coqueiro e levasse uma vida normal como todas as outras pessoas.

Parentes e amigos também tentavam convencê-lo a mudar de ideia, mas ele não se deixava abalar por nada, nem mesmo pelo calor e os mosquitos, até mesmo as tempestades falharam em fazê-lo descer de seu coqueiro.

Recomendamos para você: Você sabe identificar os sintomas da hipertensão? Fique atento às causas e riscos!

Sanchez havia perdido sua esposa em 2000, que morreu durante o parto de sua segunda filha. Sua mãe chegou a apelar, falando que estava velha demais para cuidar das filhas de Sanches, mas nem isso o comoveu, já que seu medo de ser perseguido e morto era maior do que seu amor pelas filhas.

Só há algumas semanas ele desceu da árvore, forçado pelas autoridades. Uma avaliação médica foi feita e Sanchez estava severamente afetado, sofrendo de psicopatia, delírio, alucinação e medo.

Jessica Ho / Facebook

Seu corpo estava atrofiado e várias feridas e picadas de insetos foram encontradas, além de uma grave deformação em sua coluna. Ele agora está recebendo assistência do governo.

O medo é capaz de fazer as pessoas simplesmente se perderem, não é mesmo?

Veja também: Você sabe qual seria o seu peso em outro planeta?