Contrários às deportações, pilotos alemães estão recusando participar de retirada de imigrantes

Saúde e Estilo de Vida

Algumas atitudes das pessoas nos fazem às vezes rever alguns valores. E uma dessas tem acontecido na última semana, quando uma série de pilotos na Alemanha começaram a se recusar de participar da deportação de imigrantes que tiveram suas solicitações de refúgio recusadas. Segundo a imprensa local noticiou, na última segunda-feira (04), o governo alemão já confirma 222 voos que foram cancelados por pilotos que não quiseram se envolver na controversa deportação de imigrantes Afegãos.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Recuperada e do bem! Lady Gaga participa da reconstrução de casas de vítimas do furacão Harvey

3dmentat / Depositphotos.com

Ainda de acordo com a imprensa alemã, a maioria dos voos cancelados, entre janeiro e setembro, aconteceu em partidas da companhia aérea alemã Lufthansa e nas de sua subsidiária Eurowings. Cerca de 40 desses voos suspensos aconteceram no aeroporto de Düsseldorf. A região é responsável por uma série de protestos quando ocorrem deportações em massa.

Quando levamos em consideração todo o país, a maior parte dos voos que não aconteceram (140 no total) foi registrada no aeroporto de Frankfurt, que é o maior e mais importante terminal aeroportuário do país e um dos principais da Europa.

sergeypeterman / Depositphotos.com

Embora tenha aumentado significativamente a quantidade de deportações, a Alemanha se mantém como o principal destino de imigrantes na União Europeia.

De acordo com o jornal alemão Die Welt, o Departamento de Migração e Refugiados da Alemanha recebeu quase 390 mil pedidos de abrigo no país, nos seis primeiros meses de 2017. A quantidade é praticamente o dobro da recebida no mesmo período do ano passado.

maroti / Depositphotos.com

Com o objetivo de resolver essa crise imigratória, o governo alemão propôs um programa, com previsão de início em fevereiro de 2018, que oferece 3 mil euros para os refugiados que tiverem o seu pedido de abrigo recusado.

Aguardaremos as cenas dos próximos capítulos.

Fonte: DW

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Policial da cidade americana de Albuquerque adotou um bebê dependente químico que foi dado à luz por uma mulher sem-teto

Recomendamos