3 sinais que avisam que é preciso mudar a escola de seu fil

NOTÍCIAS

3 sinais que avisam que é preciso mudar a escola de seu filho

Date December 28, 2017 13:13

Não é aconselhável fazer o filho mudar de escola toda vez que algum problema ou conflito ocorre, para não ensiná-lo que o mundo deve se adaptar à ele. A criança precisa aprender a encarar os desafios e não a fugir deles.

Porém, por outro lado, algumas situações específicas podem indicar que uma mudança é  necessária, sim. Confira algumas delas:

1. Ele se tornou a vítima das agressões por parte de professores ou funcionários

Se uma criança pequena se envolve em conflitos por brinquedos e sofre de mordidas, por exemplo, isso é algo desagradável, porém normal. O que não pode ser aceito é qualquer violência corporal ou verbal contra o aluno por parte dos professores ou funcionários. Isso inclui os castigos físicos ou exposição a situações humilhantes. Se o seu filho chegar em casa e lhe contar algo parecido, tente esclarecer e resolver a situação. E se por alguma razão você não sentir segurança, procure outra instituição sem hesitar.

2. Cobranças e tarefas exageradas

Infelizmente, foi comprovado que algumas escolas não respeitam a idade e o desenvolvimento natural das crianças e enviam uma quantidade de tarefas muito exagerada. Ninguém está falando que as lições de casa não são importantes. Realmente, elas desenvolvem o senso de responsabilidade e fixam o conhecimento. Porém, uma atividade em quantidade excessiva pode virar o motivo de estresse para uma criança pequena. Fiquem atentos, pais!

3. A criança não está mais animada em ir para a aula

Esperar as férias ou pelo menos o final de semana é normal, pois todos querem um tempinho livre para curtir e descansar. O mesmo serve para as crianças também. Mas se o seu filho sente desânimo constante para frequentar a escola, nunca está contente, reclama o tempo todo - não deixe isso passar despercebido. Reflita nos motivos que poderiam deixar o seu filho apático. Tenta entender o que pode estar acontecendo. Se for preciso - troque de escola sem pensar duas vezes.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Angelina Jolie tira filhos da escola para garantir respeito às diferenças culturais