Três conselhos para ajudar crianças com bruxismo infantil

Notícias

October 16, 2017 19:44 By Fabiosa

O bruxismo é o ato involuntário de ranger ou apertar os dentes. Comum entre adultos e crianças, o distúrbio pode causar problemas graves como dores de cabeça, desgaste dos dentes e, em crianças problemas na dentição permanente, que se forma por volta dos seis anos de idade.

Anna Grigorjeva / Shutterstock.com

Pesquisas recentes mostram que a patologia afeta mais as crianças que têm entre 6 e 10 anos e, se manifesta mais comumente durante a noite.

As causas do bruxismo infantil não são comprovadas, mas especialistas acreditam que ele está ligado a disfunções do sono, distúrbios respiratórios e gástricos e situações de stress emocional e ansiedade comuns da idade.

Veja também: Especialistas dão dicas para a criança deixar a chupeta sem traumas

Na maioria das vezes, o quadro desaparece sozinho, mas existem maneiras de diminuir a ocorrência ajudando a criança a relaxar e provavelmente, eliminar o costume de ranger os dentes durante a noite.

Evgeny Atamanenko / Shutterstock.com

Confira três conselhos para ajudar a tratar o bruxismo infantil:

  • Diminua o ritmo da criança

Antes de dormir vá fazendo com que a criança diminua a atividade física mental. Ajude-a a relaxar e crie um ritual diário para a hora de deitar. Um banho relaxante, o uso de aromaterapia, técnicas de relaxamento e meditação, e a boa e velha história ao lado da cama são excelentes métodos de ajudar nesse momento.

  • Ocupe a criança

Se a dica anterior é fazer com que a criança diminua o ritmo a noite, essa é justamente o contrário: faça a criança gastar bastante energia durante o dia. Encha o dia dela com atividades físicas e lúdicas no decorrer do dia e assim ela estará mais cansada e relaxada na hora de dormir.

  • Procure um profissional

Se o problema não melhorar em algumas semanas, procure o seu dentista de confiança para que ele possa avaliar melhor o quadro e indicar o tratamento mais apropriado. Muitas vezes, especialistas indicam uma abordagem interdisciplinar da questão – além do dentista, médicos e psicólogos podem ser consultados.

Fonte: Terra

Recomendamos para você: 7 jogos infantis para relaxar e estimular a inteligência emocional das crianças


O propósito deste artigo é meramente informativo. Não há intenção de oferecer recomendações médicas. Fabiosa não é responsável por possíveis consequências de qualquer tratamento, procedimento, exercício, alteração alimentar, ação ou uso de medicamentos resultantes da leitura e das instruções contidas neste post. Antes de começar qualquer tratamento, consulte um médico. As informações acima não substituem um diagnóstico a ser realizado por uma equipe de profissionais preparados.