Como identificar o que aquela coceirinha lá embaixo pode significar

Inspiração

Sabe aquela coceira indesejada e super chata onde você menos gostaria de estar sentindo coceira? Então, ela pode ter as mais diversas causas e, por mais que seja “normal” sentir uma coceirinha lá embaixo, é sempre bom saber os motivos!

Womens Health Brasil

O prurido vaginal (aquela coceira) pode ser causado por coisas bem simples, como a própria menstruação, mas também pode ser um sintoma de algo muito mais agressivo para o seu corpo.

Criamos um guia prático para você identificar os motivos de sua coceirinha, mas lembre-se que quando se trata de sua melhor amiga, é sempre importante fazer uma visita ao médico.

1. Vaginose bacteriana.

Essa é com certeza a mais comum razão para a tão chata coceira. Pode ser causada por uma desregulação no pH da vagina ou um desequilíbrio das bactérias saudáveis do local. Geralmente vem acompanhado de um corrimento aquoso e com um pouco de odor.

2. Infecção por fungos.

Semelhante a vaginose bacteriana, a infecção por fungos. Causada pelos mais diversos motivos, desde estresse até mudanças na dieta, esse tipo de infecção vem acompanhada, além da coceira, de um corrimento branco e espesso.

3. Dermatite ao contato.

Essa coceira é causada por conta de uma alergia com produtos que foram encostados na pele sensível. Segundo estudos, produtos aromatizados, em maioria, são os responsáveis por essas irritações.

4. Eczema e psoríase

São doenças genéticas da pele e normalmente se manifestam como vermelhidão e coceira na área da virilha.

5. DST’s

Não precisamos nem falar que essas doenças são grandes causadoras desse tipo de coceira desagradável, não é verdade? Se você sente coceira junto de algum dos sintomas normais com esse tipo de doença, como ardência ao urinar, procure um médico imediatamente!

6. Líquen escleroso

Junto a coceira, aparecem alguns pontinhos brancos na região da vulva. É necessário tratamento médico, assim como o diagnóstico de um profissional para tratar esse tipo de doença.

Fonte: Womens Health Brasil

Recomendamos para você: Estes 8 animais dão mais duro no trabalho do que muita gente

Recomendamos