O mochileiro cego e surdo que quer dar a volta ao mundo

NOTÍCIAS

O mochileiro cego e surdo que quer dar a volta ao mundo

Date December 11, 2017 13:57

Um mochileiro solitário tem como meta visitar todos os países do mundo, isso já seria uma coqnuitas e tanto, mas some nessa aventura que o viajante é deficiente visual e auditivo.

O aventureiro em questão é Tony Giles, um britânico de 30 anos, cego e que possui apenas 20 % de audição devido a problemas genéticos.

Tony viaja sozinho por acreditar que esse seja o maior desafio que pode enfrentar, além de aproveitar a independência que uma viagem sem acompanhante pode trazer.

"Se eu viajasse acompanhado, sobretudo por alguém que tenha visão, a pessoa estaria fazendo todo o trabalho, estaria me guiando, e eu não conseguiria tocar e encontrar tantas coisas como eu faço por conta própria", contou Giles à BBC.

VEJA TAMBÉM: Camiseta do Viajante: traje te permite se comunicar em qualquer país

As dificuldades existem, mas nada que a gentileza de estranhos não resolva. "É preciso ser paciente, você se perde o tempo todo. É muito difícil procurar algo específico quando você não pode ver, porque obviamente você não consegue identificar", diz Tony.

Para ele, no entanto, tudo compensa e a experiência tem sido muito gratificante."Vão passar umas dez pessoas por você até que alguém pare e pergunte: 'Você está perdido, precisa de ajuda?'. Aí você interage. É como funciona", explica ele.

Tony que é escritor e, em 2010 publicou o livro "Seeing the World My Way" - Vendo o Mundo do Meu Jeito, já visitou 124 países e inclusive já passou pelo Brasil onde experimentou a sensação de liberdade em um vôo de asa-delta no Rio de Janeiro.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Regras que os viajantes devem saber ao visitar outros países